Piadas para alegrar o seu final de semana!

O camarada estava namorando há pouco tempo e foi convidado para jantar na casa de sua amada. Chegando lá percebeu que o ambiente era chique e a família da garota estava toda reunida para conhecê-lo.

Rex, o cãozinho dela, se afeiçoou muito com o cara e na hora do jantar ficou debaixo da cadeira dele.

Quando serviram a salada, bateu uma tremenda vontade dele soltar um pum. Sem jeito acabou soltando um pum, daqueles sem som, mas de queimar a cueca.
A garota olhou de cara feia para o cachorrinho e brigou:
- Rex, sai daí!
O cara se sentiu aliviado com a bronca e novamente soltou outro pum. O fedor dominou o ambiente.
A menina tornou a dar uma bronca no animalzinho indefeso:
- Rex, eu já mandei sair!
Então o sujeito se sentiu em casa.
Já na sobremesa, sem nenhum constrangimento, outro punzaço silencioso, foi horrível, parecia que tinha comido um gambá em decomposição.
A tia da namorada quase vomitou.
Foi então que a querida dele se levantou furiosa, com as mãos na cintura, olhando o cachorro e gritando:
- Rex, some daí, senão esse porco vai fazer cocô em cima de você !!!

***

Certo dia um bêbado chegou no bar e depois de tomar mais umas três falou para o dono do bar:
- Aposta comigo 50 reais que eu faço xixi nesse copo, sem deixar cair uma gota no chão?
Com a oportunidade de ganhar um dinheiro fácil em cima do bêbado o dono do bar aceitou a aposta.
O bêbado “chapadaço” pegou o copo e caindo pra lá e pra cá, e acabou fazendo xixi pelo bar inteirinho, não acertando uma gota se quer no copo.
O dono do bar começou rir do bêbado, tomou a nota de 50 reais e a colocou de volta na carteira.
O bêbado também estava rindo e o dono do bar não entendeu...
- E agora, porque é que está rindo??!!! Você perdeu!!!
E o bêbado respondeu:
- Tá vendo aqueles caras sentados naquele balcão ? Eu apostei 100 reais com cada um deles que eu ia fazer xixi no seu bar todinho e você ainda ia rir.


***

Papai, como se pode definir a condição daquele que tem duas esposas?
— Bigamia.
— E daquele que tem cinco?
— Poligamia.
— E daquele que tem só uma esposa?
— Monotonia!

***

O menino chega em casa com a roupa toda rasgada e um olho roxo. Explica para a mãe que foi provocado por um garoto muito maior e teve que topar a briga.
— Que covardia desse marmanjo — revolta-se a mãe. — Vou falar com seu pai e vamos tomar providências. Espero que você seja capaz de reconhecer esse brutamontes.
— Quanto a isso não tem problema — responde o menino. — A orelha dele está aqui no meu bolso.

***

Como é que eu nasci? — Quis saber o garotinho.
O pai não se deu o trabalho de inventar nada de muito original:
— Eu e sua mãe encontramos você num canteiro de cravos.
— E a minha irmãzinha?
— Nós a encontramos numa roseira.
Tarde da noite, o garoto se levanta, vai pé ante pé até o quarto dos pais, e abre a porta de repente.
— Aí...., praticando jardinagem, hein?

***

Joãozinho volta para casa e vê um homem desmontando a televisão.
— O senhor veio consertar o telefone? — ele pergunta.
— Não, meu filho, como você vê, estou consertando a TV.
— Mas o senhor não veio mesmo para consertar o telefone?
— Não, claro que não — responde o técnico paciente.
— Tem certeza de que o senhor não tem nada a ver com o telefone? — insiste Joãozinho.
O técnico não perde a calma:
— Bem, se é isso que você quer, eu vim para consertar o telefone.
— Então por que o senhor está mexendo na TV?

***

Na hora do recreio, a garotinha cochicha, em tom orgulhoso, para sua amiguinha:
— Já descobri como os bebês são feitos!
— Isso não é nada — retrucou a outra. — Eu já descobri como fazer para não fazê-los!

***

O garoto pergunta ao pai:
- Quanto custa para casar?
O pai responde:
- Não sei, filho. Ainda não terminei de pagar.
Share on Google Plus

About Alexandre Ferreira

Blog do comunicador Alexandre Ferreira - Jornalista, Radialista e Professor Universitário.

2 comentários:

Clovis disse...

O bom profissional que é a sua pessoa, somos brindados com bom humor, notícias e curiosidades.
Parabéns Alexandre Ferreira, nós somos abençoados por tê-lo em nossa companhia.

HELIO disse...

Alexandre Ferreira, esse espaço alegra o nosso dia-a-dia. Um exemplo é essa piada de casamento. No meu a minha dama de honra fez essa pergunta e respondi parecido: Se paga a vida toda.
Obrigado e parabéns. Hélio Euclides, Maré, RJ.