Novas piadas para alegrar o seu dia!

Uma mocinha, antes de ir para seu cursinho pré-vestibular, passava por uma rua onde havia um papagaio em cima do muro.
Um dia, quando ela passava a caminho do curso, o papagaio grita:
- Mocinha tá de calcinha preta!
E, por incrível que pareça, o papagaio acerta na mosca!
A menina continua e pensa que foi apenas um golpe de sorte.
No outro dia, indo de novo, o papagaio grita mais uma vez:
- Mocinha tá de calcinha branca!
Novo acerto e dessa vez a menina fica meio assustada com a situação, mas acha que o papagaio tarado teve sorte novamente no palpite.
No terceiro dia, no mesmo trajeto, o papagaio denuncia:
- Mocinha tá de calcinha vermelha!
Ela dessa vez fica indignada com a adivinhação do papagaio.
No outro dia, resolve sair sem calcinha, só pra testar.
O papagaio não falha:
- Mocinha tá de calcinha cabeluda!
Irritadíssima, ela toma uma decisão drástica.
No dia seguinte passa sem calcinha e depilada. Vai passando e o papagaio não diz nada. Ela segue, certa que havia tapeado o penoso, quando ouviu o grito:
- Ô mocinha!
Ela se volta, impaciente:
- O que é papagaio?
- Passou no vestibular, foi ? ? ?

***
O farmacêutico entra na sua farmácia e repara num homem petrificado, com os olhos esbugalhados, mão na boca, encostado em uma das paredes.
Ele pergunta para ao estagiário:
- Que significa isto? Quem é esse cara encostado naquela parede?
O estagiário:
- Ah! É um cliente que queria comprar remédio para tosse. Ele achou caro, então eu vendi um laxante.
O farmacêutico:
- Você ficou maluco? Desde quando laxante é bom para tosse?!?!
O estagiário:
- É excelente. Olha só o medo que ele tem de tossir....

***
Uma mulher chegou inesperadamente em casa e encontrou seu marido na cama com outra mulher.
Louca de raiva, ela pegou uma arma e arrastou o marido até a garagem.
Chegando lá, prendeu o pênis dele numa morsa em cima da bancada, apertou até ficar bem preso e retirou a alavanca do torno para evitar que se soltasse.
Depois foi ao armário de ferramentas, retirou um serrote e colocou-o na bancada, ao lado do marido.
O marido gritou:
- Querida, você não vai cortar meu pinto, vai?
E ela respondeu com ar irônico:
- Não, você é que vai. Eu só vou botar fogo na garagem!
Share on Google Plus

About Alexandre Ferreira

Blog do comunicador Alexandre Ferreira - Jornalista, Radialista e Professor Universitário.

1 comentários:

rosilene disse...

sua piadas estão show de bola ,, adorei.
continui assim nos alegrando todas as manhas
abraços